2016/10/23

Miúdos a votos - Contam connosco!

São Bruno vai participar!
A Rede de Bibliotecas Escolares e a VISÃO Júnior organizam a eleição dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses. 
Às crianças e jovens, será dada a possibilidade, através de uma eleição realizada em todas as escolas, de votarem no livro de que mais gostaram até hoje. 
O processo será semelhante ao de umas eleições políticas, promovendo simultaneamente a leitura e a cidadania: haverá recenseamento, apresentação de candidaturas, campanha eleitoral, votação e escrutínio dos votos, organizados e participados por alunos. Durante a campanha eleitoral, estes defenderão junto dos colegas os seus livros preferidos – podendo fazê-lo em comícios, cartazes, programas de rádio e televisão, sessões de esclarecimento, debates…
O resultado destas eleições, que apurará a lista dos livros que as crianças e jovens portugueses mais apreciam, segundo o ciclo de ensino que frequentam, será conhecido em abril, assinalando o Dia Mundial do Livro.
A iniciativa conta com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, do Plano Nacional de Leitura e da Pordata.

2016/10/03

Aqui há História! Desafio - 5 de outubro

Aqui têm um desafio «Aqui há História» sobre a comemoração do dia «5 de Outubro».
Prontos para responder? 
Então, basta clicar na imagem e...

5 de Outubro

2016/02/18

Concurso Nacional de Leitura - Fase distrital


A prova distrital do CNL vai realizar-se na Biblioteca Municipal da Lourinhã (em data a anunciar)

Os nossos três finalistas têm agora de ler as duas obras selecionadas para estarem aptos a participar da melhor forma!

«A Alvorada dos Deuses» de Filipe Faria

Filipe Faria nasceu em 1982, em Lisboa. Concluiu a sua educação na Escola Alemã de Lisboa, onde o contacto e o convívio com a cultura germânica lhe possibilitaram a abertura de novos horizontes. Impulsionado por um forte interesse pela Idade Média e pela descoberta fortuita, na biblioteca escolar, de um livro acerca daquela história sobre senhores e anéis, cultivou, desde cedo, a paixão pela literatura.
Estreou-se no mundo literário com a série Crónicas de Allaryia, que lhe granjeou o Prémio Branquinho da Fonseca, atribuído conjuntamente pela Fundação Calouste Gulbenkian e pelo Expresso, em 2001, bem como o Prémio Matilde Rosa Araújo e Revelação na Literatura Infantil e Juvenil, em 2002.


«A Cruz vazia» de Maria Teresa Maia Gonzalez

Maria Teresa Maia Gonzalez, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, co-autora da colecção "O Clube das Chaves", da qual já se publicaram 21 volumes, é autora de inúmeras outras obras, incluindo vários títulos premiados. "A Lua de Joana", o seu maior sucesso editorial, já conta com 16 edições e 220 000 exemplares vendidos.